Inteligência Artificial, a Música e as Letras

 

 

Inteligência artificial sugere letras conforme músico toca seu instrumento.

 

O programa de inteligência artificial sugere letras conforme o músico toca seu instrumento.
[Imagem: Divulgação]

 

Inteligência Artificial a serviço da criatividade

Pesquisadores acreditam ser possível ajudar os artistas da música a conseguir novas inspirações, criando novas direções criativas para suas canções.

Para isso, eles criaram o LyricJam, um sistema em tempo real – ao vivo – que usa inteligência artificial (IA) para gerar linhas líricas para música instrumental.

Ou seja, o músico toca sua melodia em um instrumento e o programa sugere letras para acompanhar essa música.

A tecnologia se baseia em vários aspectos da música, como progressões dos acordes, andamento e instrumentação para sintetizar as letras que refletem o “humor” e as emoções expressas pela música que está sendo tocada ao vivo.

À medida que um músico ou uma banda toca sua música instrumental, o sistema recebe continuamente o streamming de áudio bruto, que a rede neural processa para gerar novas linhas líricas. Os artistas podem então usar as sugestões escritas para compor suas próprias letras de músicas.

“O objetivo do sistema não é escrever uma música para o artista,” explica a professora Olga Vechtomova, da Universidade de Waterloo (Canadá). “Em vez disso, queremos ajudar os artistas a realizar sua própria criatividade. O sistema gera linhas poéticas com novas metáforas e expressões, potencialmente levando os artistas em direções criativas que eles não exploraram antes.”

Programa de computador compositor

A rede neural projetada pelos pesquisadores aprende quais temas líricos, palavras e estilos estão associados a diferentes aspectos da música capturados em cada clipe de áudio.

Por exemplo, os pesquisadores observaram que as letras geradas para música ambiente são muito diferentes daquelas para música animada.

Eles então fizeram experimentos envolvendo músicos, que foram convidados a tocar instrumentos ao vivo enquanto usavam o sistema.

“Uma descoberta inesperada foi que os participantes se sentiram encorajados pelas letras geradas para improvisar,” disse Vechtomova. “Por exemplo, as letras inspiraram os artistas a estruturar acordes de forma um pouco diferente e levar sua improvisação em uma direção diferente da pretendida originalmente. Alguns músicos também usaram as letras para verificar se sua improvisação tinha o efeito emocional desejado.”

Outro resultado do estudo destaca o aspecto cocriativo da experiência: Os participantes comentaram que viam o sistema como um parceiro não crítico e se sentiam encorajados a tocar seus instrumentos musicais, mesmo que não estivessem ativamente tentando escrever as letras.

Os músicos interessados em experimentar o LyricJam podem acessá-lo no endereço https://lyricjam.ai.

Checagem com artigo científico:

Artigo: LyricJam: A system for generating lyrics for live instrumental music
Autores: Olga Vechtomova, Gaurav Sahu, Dhruv Kumar
Publicação: Proceedings of the International Conference on Computations Creativity
Cheque você mesmo: https://arxiv.org/abs/2106.01960

 

 

In:
https://www.diariodasaude.com.br/
09/09/2021