Cores e os sentimentos mundiais

 

 

As cores evocam sentimentos semelhantes em todo o mundo   

 

Recentemente foram propostos 28 novos nomes para cores.
[Imagem: Lu Yu et al. – 10.1007/s00138-017-0902-y]

Cores e emoções

As pessoas em todo o mundo associam cores com emoções – na verdade, pessoas de diferentes partes do mundo costumam associar as mesmas cores às mesmas emoções.

Este foi o resultado de uma pesquisa detalhada com 4.598 participantes de 30 países em seis continentes, realizada por uma equipe de pesquisa internacional.

“Nunca foi realizado um estudo semelhante desta amplitude,” disse o Dr. Daniel Twistel, da Universidade Mainz (Alemanha). “Isso nos permitiu obter uma visão geral abrangente e estabelecer que as associações cor-emoção são surpreendentemente semelhantes em todo o mundo.”

Os voluntários preenchiam um questionário online, que envolvia atribuir até 20 emoções a 12 cores diferentes, e especificar a intensidade com que associavam o nome da cor com a emoção.

Os pesquisadores então calcularam as médias nacionais e as compararam com a média mundial.

“Isso revelou um consenso global significativo,” resumiu Twistel. “Por exemplo, em todo o mundo, a cor vermelha é a única cor fortemente associada a um sentimento positivo – o amor – e a um sentimento negativo – a raiva.”

O cinza, por outro lado, desencadeia o menor número de emoções globalmente.

Branco, roxo e amarelo

Mas os cientistas também notaram algumas peculiaridades nacionais.

Por exemplo, o branco está muito mais associada à tristeza na China do que em outros países, e o mesmo se aplica ao roxo na Grécia.

“Isso pode ser porque na China roupas brancas são usadas em funerais e a cor púrpura escura é usada na Igreja Ortodoxa Grega durante os períodos de luto,” ponderou Twistel.

Além dessas peculiaridades culturais, o clima também parece desempenhar um papel na associação cor-emoção.

De acordo com os resultados de outro experimento, o amarelo tende a estar mais associado à emoção da alegria em países que veem menos o Sol – em latitudes elevadas -, enquanto a associação é mais fraca nas áreas mais próximas dos trópicos.

Checagem com artigo científico:

Artigo: Universal Patterns in Color-Emotion Associations Are Further Shaped by Linguistic and Geographic Proximity
Autores: Domicele Jonauskaite, Ahmad Abu-Akel, Nele Dael, Daniel Oberfeld, Ahmed M. Abdel-Khalek, Abdulrahman S. Al-Rasheed, Jean-Philippe Antonietti, Victoria Bogushevskaya, Amer Chamseddine, Eka Chkonia, Violeta Corona, Eduardo Fonseca-Pedrero, Yulia A. Griber, Gina Grimshaw, Aya Ahmed Hasan, Jelena Havelka, Marco Hirnstein, Bodil S. A. Karlsson, Eric Laurent, Marjaana Lindeman, Lynn Marquardt, Philip Mefoh, Marietta Papadatou-Pastou, Alicia Pérez-Albéniz, Niloufar Pouyan, Maya Roinishvili, Lyudmyla Romanyuk, Alejandro Salgado Montejo, Yann Schrag, Aygun Sultanova, Mari Uusküla, Suvi Vainio, Grazyna Wasowicz, Suncica Zdravkovic, Meng Zhang, Christine Mohr
Publicação: Psychological Science
DOI: 10.1177/0956797620948810

 

In:

https://www.diariodasaude.com.br/

24/09/2020