Brasil tem segunda maior frota de aviação aérea agrícola do mundo, revela pesquisa

A frota brasileira de aviação agrícola contava, em 2017, com 2.115 aeronaves, 1,5% a mais que em 2016. Nos últimos dez anos, o crescimento foi de 46,2%. Com esse número, o Brasil fica atrás apenas dos Estados Unidos, que têm 3,6 mil aeronaves agrícolas, segundo a Agência Federal de Aviação (FAA, na sigla em inglês). Os dados foram apresentados pelo Sindicato Nacional das Empresas e Aviação Agrícola, após reunir informações do Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB) da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Do total de aeronaves, 2.108 são aviões e sete são helicópteros. Mato Grosso é o estado com a maior frota: 464 aeronaves registradas, seguido pelo Rio Grande do Sul, com 427 aviões, e São Paulo em terceiro, com 312 aeronaves. Minas Gerais foi o que teve o maior crescimento (15,5%), passando de 71 aeronaves em 2016 para 82 no ano passado.

A frota aeroagrícola é usada na aplicação de fertilizantes, na semeadura e no trato das plantações. Ela também facilita a aplicação de produtos químicos e pode auxiliar no combate a incêndios.

Fonte: Governo do Brasil, com informações do Sindicato Nacional das Empresas e Aviação Agrícolas

IN:

http://noticias.ambientebrasil.com.br 

2018/02/21